Qual faculdade fazer? 7 dicas para acertar na sua escolha

Este texto fala sobre escolhas. Nesse caso, de forma mais específica, sobre como acertar ao escolher qual faculdade fazer. Você já sabe? Conseguiu responder essa pergunta sem pensar muito a respeito? Essa decisão está relacionada às suas paixões e com o que você vislumbra para o futuro da sua carreira profissional.

Como essa costuma ser uma decisão motivada por vários fatores, é normal que muitas pessoas tenham dúvidas sobre qual caminho seguir. Escolher uma carreira com o coração irá aproximá-lo do sonho de trabalhar com o que ama e transformará seu lado pessoal e profissional. Isso porque essa escolha está diretamente ligada às oportunidades que aparecerão durante toda a sua vida, independentemente do curso escolhido. Se você está nessa busca ainda, vale seguir a leitura deste texto e conferir algumas dicas que poderão ajudá-lo.

 

Dicas que irão ajudá-lo a escolher qual faculdade fazer

Como comentamos antes, no início deste conteúdo, vários fatores contribuem para a decisão de uma carreira e de uma profissão. As influências surgem de diversas partes, mas você precisa ter método para chegar a uma resposta que seja satisfatória. 

Com tantas opções de cursos de graduação no mercado e com a facilidade do ensino EaD, a decisão sobre qual faculdade fazer depende mais de fatores pessoais do que de limitação por questões como a distância da universidade ou aspectos financeiros. Existem bolsas de estudo para diferentes perfis de estudantes, desde aqueles que sempre estudaram em escola pública e que se encaixam nos requisitos dos programas do governo até aqueles que desejam trilhar o caminho do ensino superior particular. 

Como as restrições para estudar foram praticamente eliminadas com as bolsas de estudo disponíveis e os cursos a distância, escolher qual faculdade fazer irá depender de outros fatores. Para você, que está na busca da sua resposta sobre um curso de graduação, preparamos uma lista de dicas que poderão ajudá-lo na sua escolha. Confira:

 

1. Comece perguntando-se por que você irá estudar

Você pensa em fazer uma faculdade exatamente para quê? Para engrandecer seu autoconhecimento, explorar seus interesses, ingressar em uma nova carreira ou melhorar sua qualificação na área em que você já está atuando? 

As respostas para essa questão da sua motivação para fazer um curso de graduação podem ter um efeito surpreendente na hora de escolher qual faculdade fazer.

Para chegar a uma resposta precisa e que o ajude nessa fase, será importante:

– Refletir sobre sua experiência profissional e/ou suas habilidades;

– Avaliar a perspectiva de carreiras e oportunidades de emprego que o curso que você está pensando em fazer poderá oferecer;

– Relacionar quais assuntos e temas são de seu interesse e despertam a sua atenção;

– Conversar com seu líder no trabalho, amigos, familiares e outros profissionais sobre quais cursos podem ser relevantes. Identifique quais formações podem dar um up nas suas habilidades, no seu currículo e na sua carreira. 

 

2. Pesquise mais sobre cada curso de seu interesse

Você pode pesquisar e explorar pela internet os cursos com os quais você acha que tem mais afinidade ou que despertam mais o seu interesse. Procure saber qual a grade curricular, quais oportunidades no mercado de trabalho cada uma dessas formações oferece, quais pós-graduações podem ser feitas no futuro em cada área, etc. 

É importante fazer essa imersão inicial nos cursos pela internet. Todavia, não se prenda somente às pesquisas online. Aproveite essa fase de avaliação dos cursos para conversar com pessoas que já cursam o que você está pensando em fazer. 

Se possível, nessa fase, visite os câmpus das universidades que oferecem o curso que você está pensando em fazer. Aproveite aocasião para sentir melhor a atmosfera do ambiente, conhecer os professores e as ferramentas de ensino que a faculdade oferece, como equipamentos e laboratórios, por exemplo. 

Caso você estiver pensando em fazer uma graduação EaD, procure informações sobre o curso no e-MEC, procure conhecer o ambiente virtual de aprendizagem e veja comentários de outros alunos da instituição para decidir qual faculdade fazer. 

 

3. Fique atento! Os detalhes são importantes

No momento de escolher qual faculdade fazer, será muito importante se ater ao detalhes. Mas quais?! É preciso ter conhecimento da metodologia de ensino utilizada pela instituição de ensino e sobre como a avaliação do aluno é feita. 

Também é importante saber como funcionam os grupos de estudos e conhecer o currículo e a experiência dos professores que irão lecionar as disciplinas. Afinal, são os docentes que estarão no comando das aulas e, consequentemente, serão os responsáveis pela sua formação.

Nesse sentido, será importante analisar também o nível de formação e a expertise de cada professor em suas áreas de trabalho e pesquisa, para ter uma boa noção da qualidade do que será aprendido durante o curso.

 

4. Leve em consideração a localização

Há faculdades próximas da sua casa que oferecem o curso desejado? Se não, você está disposto a morar em uma cidade diferente do local onde você vive atualmente? O curso que você está planejando fazer oferece a opção EaD? Esses fatores serão muito relevantes para a sua experiência, motivação e acessibilidade em relação a qual faculdade fazer. 

 

5. Analise as perspectivas de carreira

Pesquise sobre as oportunidades que o mercado de trabalho oferece para os alunos graduados no curso que você deseja fazer. Ao fazer essa análise, veja quais os tipos de vaga, a faixa salarial, qual tipo de empresa precisa desse profissional, quais as habilidades e o conhecimento necessários para fazer parte delas, entre outros fatores. 

Cheque todos esses pontos para saber um pouco mais sobre a perspectiva que você terá, ao fazer aquela faculdade, na sua vida profissional futura. Veja se você consegue se imaginar seguindo aquela carreira, recebendo aquele salário e fazendo as atividades relacionadas com aquela área do conhecimento. 

Fazer uma faculdade exige um grande investimento financeiro, tempo e esforço. Procure escolher qual faculdade fazer a partir da visualização do seu futuro profissional. Importante, nesse sentido, também estudar as profissões e carreiras que estão em alta e/ou que tem uma boa perspectiva de crescimento no futuro. Procure aliar esses dois aspectos no momento de fazer a sua escolha. 

 

6. Tente uma bolsa!

Após decidir qual faculdade fazer, saiba que é possível participar de certos programas para concorrer a uma bolsa de estudos. Pesquise sobre as possibilidades e certifique-se de estar de acordo com os requisitos específicos exigidos em cada instituição de ensino.

Vale lembrar que existem bolsas de estudo oferecidas pelos governos — especialmente o federal e os de alguns estados — e opções disponibilizadas pelas próprias faculdades. Instituições como a Estácio, uma das maiores universidades privadas do País, oferecem bolsas para quem faz vestibular, Enem, opta por transferência externa ou está querendo fazer uma segunda graduação. 

Vale consultar as regras e procurar uma bolsa que contemple o seu perfil. 

 

7. Siga seu coração e mantenha foco no que é importante para VOCÊ!

É muito comum recebermos conselhos sobre qual faculdade fazer. “Tal profissão dá dinheiro!”ou “A Universidade X é super renomada!” ou ainda “O fulano fez tal curso e está super bem de vida!”. 

Pode até ser verdade que um conhecido seu está feliz com o curso de graduação que está fazendo e com a profissão que ele escolheu… mas lembre-se que isso serve para ele! O seu amigo e/ou conhecido tem determinadas habilidades, aptidões e gostos. 

Vocês até podem ter muitos deles em comum, mas cada pessoa necessita de um tipo de missão e de valor para sua vida. Para maximizar as suas chances de acertar na escolha de qual faculdade fazer, siga sua vontade e pondere bem o conselho dos outros. No final, trata-se de uma escolha para a SUA vida. Por isso, faça o que é importante para você!

Pronto, com essas dicas você conseguirá ter um norte para finalmente decidir qual faculdade fazer. Não se esqueça de checar se a instituição de ensino que você está avaliando é credenciada e bem avaliada pelo MEC.

Como você pôde observar, escolher qual faculdade fazer trata-se de uma decisão pessoal e, definitivamente, é algo que deve ser levado muito a sério. Mesmo sendo uma escolha importante, procure relaxar e refletir. Tome o tempo que precisar para isso. 

E caso algo não esteja de acordo com o que você espera, há sempre a chance de mudar e escolher o que você realmente gosta e que tem importância para sua vida profissional.

Viu como existem muitos fatores que devem ser levados em consideração antes de escolher qual faculdade fazer?! Agora que você leu um pouco mais sobre como tomar uma boa decisão, compartilhe essas dicas com um amigo que também irá gostar de saber sobre esses pontos. Aproveite também para navegar pelo nosso blog e conferir outros conteúdos relacionados com bolsas de estudo, ensino médio, técnico e superior. Até a próxima!

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *